Páginas

Anúncios:

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Review Blue Dragon - XBOX 360 - Parte 1

Olá pessoal? Tudo bem? Como vão? Espero que bem, depois de uma apresentação tão formal estaria bastante decepcionado se isso não ocorresse, rs.



Hoje venho aqui por volta das duas da madrugada para fazer um post diferente, não é review (ou resenha se preferir) de um mangá e sim de um game: Blue Dragon para XBOX 360. Sou um felizardo pro conseguir por as mãos em tal maravilha tecnológica, o XBOX 360 é um vídeo game e tanto, se comprarem não vão se arrepender. Pois bem, voltando ao foco do Review alguns meses atrás estava passando nas Lojas Americanas quando me deparo com vários jogos originais de 360, nem dei muita moral por que não tinha o console aquela época, mas já tinha fortes planos para adquirir um. Eis que um amigo meu que trabalhava no Shopping onde se situava a loja me disse "-Mermãaaaaaao, Blue Dragon tá de R$ 49,90 nas Americanas". Não pensei duas vezes, corri lá e comprei o jogo, mais por ser barato, não por gostar da franquia que eu ao menos conhecia, tampouco por ser um RPG, que até o momento só havia jogado mais a fundo Pokemon, que diga-sede passagem é um RPG um tanto quanto diferente dos outros. Pois bem sem muita enrolação, comprei por causa do preço e com poucas expectativas.
A capa do jogo
Ao chegar em casa (ainda sem XBOX 360) tive minha primeira surpresa com o Game, o encarte e manuais do jogo eram em português do Brasil (não o de Portugal gajo), e o jogo era dividido em 3 DVDs (isso mesmo queimaram 3 mídias com capacidade por volta de 8Gbs para podermos poder usufruir do Game, de duas uma ou ele é muito grande, ou tem muitas CGs) o que ainda me espanta, pois GTA IV é um jogo enorme, com vários detalhes que levaria uns 5 posts para citar, várias rádios, cutscenes, diálogos, e muitas outras coisas e gastou somente um DVD...

Mas mesmo assim fiquei feliz pela aquisição, 3 DVDs por R$ 49,90 mesmo se o jogo fosse ruim já teria valido a pena. Então recentemente comprei o dito cujo, joguei vários jogos e só dei uma olhada por cima no Blue Dragon para ver se estava funcionando (de fato estava) e para ver quais "formas" de personagens utilizaram, pois com o Character Design do Akira Toriyama não podíamos esperar coisa diferente, me diga se aquela Arale, a Cientista do Chrono Trigger e a Bulma não sao praticamente a mesma pessoa? Ah e a roupa Jiro do Blue Dragon não é o Gohan adulto com roupa de Super Sayaman só que sem o capacete? Ah meu amigo são sim.

Então finalmente depois desta longa jornada (calma que ainda tem mais uma volta) comprei o mangá Blue Dragon Secret Trick (a premissa dele é ser a continuação da história do Jogo apesar de ser um Mangá One-Shot e BEM CURTO), o desenho não me chamou muita atenção então logo ele foi para o "monte de leitura" (os mangás/HQs que ficam num monte esperando serem lidos para depois serem guardados). Certo dia Choveu aqui em casa e graças a São Pedro acabou a energia, ascendemos umas velas e estava complicado de ler o Tex que eu estava lendo por causa das letras muito miúdas, então peguei o Blue Dragon ST e fui ler.

O mangá é legalzinho, bastante engraçado e o desenho interno me surpreendeu se mostrando bem superior ao da capa, como este post não é um review de Mangá e sim de jogo vamos aos fatos, o mangá me instigou e muito a jogar o jogo para ver se era mesmo bacana, e no outro dia quando finalmente a energia estava presente no recinto consegui jogar pra valer o Blue Dragon e pasmem, ADOREI.

O jogo é muito bacana e MUITO bem feito (coloquei em maiúsculo pois sim, ele é muito bem feito), os personagens são tão redondos que você mal consegue saber quando é CG ou quando é jogo (e como tem CG esse jogo, tá explicado o mistério dos 3 DVDs) agora abaixo segue (finalmente) o que eu achei do jogo:

Blue Dragon - Enfim o Veredito
Vilão do Game
Estou com umas boas 5 horas de jogo e conseguiu evoluir os personagens até o level 12, achei muito bacana o sistema de evolução de personagens do jogo, pois só de estar presente numa batalha ele ganha experiência, não é como Pokemon por exemplo que somente o atacante e vencedor ganha os pontos de Exp (sim, vou comprar os dois jogos o tempo todo, pois pokemon é o único RPG ao mesmo estilo que eu joguei, fora Disgaea mas ele ao meu ver é bem diferente). Cada personagem tem uma "habilidade especial" própria, sendo Shu (filho de Goku) o que mais tem poderes de força bruta, Jiro (o Gohan Sayaman sem capacete) o Mago Branco que pode utilizar suas magias para recuperar o HP dos aliados e por fim do time inicial a Kluke (Bulma do Drago Ball original morena) que é uma Maga Negra (não é a do Yu-Gi-Oh! não) e tem magias mais ofensivas.

O balanceamento entre a equipe é muito bom e os primeiros inimigos são facilmente derrotados, pois eles são uma espécie de "Cocô-Cobra" (cara é isso mesmo...) como mostra a imagem abaixo:
Isso foi uma coisa muito engraçada, sério, acho que em Dragon Quest (vulgarmente conhecido por Fly) em que nosso querido usador de formas Akira Toryiama também tem Charanter Design haviam alguns inimigos tão bizarros quanto...vide gotinhas com asas e outros.

Voltando ao jogo, Blue Dragon que assumiu o papel para mim de primeiro RPG a la Final Fantasy está cumprindo muito bem o seu papel, é um jogo que tem tudo que os japoneses gostam, Akira Toryiama, Panzilhões de batalhas em busca de aumentar o level, Chefões legais, Gráficos lindos (apesar de simples), dentre outros.

Uma das coisas bacanas do jogo que vi logo de cara é poder escolher o idioma da voz dos personagens entre Inglês, Japonês e Espanhol. Obviamente como bom Otaku e amante das culturas orientais que sou optei por falas em japonês, o que não atrapalha em nada o andamento do jogo pois todas as falas possuem legenda e a mesma está em inglês.

Shu
Jiro

Kluke
Basicamente cada personagem de Blue Dragon tem uma "Sombra" própria, caso você não conheça a franquia, não tenha lido Blue Dragon Ral Grad (recomendado) ou o Secret Trick ou ainda nem tenha assistido ao tosco desenho que passa nas manhãs do SBT que foi dublado em Miami (se é que ainda passa) vou explicar o funcionamento das sombras, elas são seres que se acoplam a sombra do usuário, sempre que necessário eles "saem" para lutar se estendendo pela sombra do seu dono. Elas se diferem entre vários tipos de animais, sendo que a dos nossos três protagonistas iniciais são: Shu - Dragão, Jiro - Minotauro (um touro com formas humanóides se é que minotauro pode ser considerado um animal) e Kluke - Ave (para não dizer um Urubu), e inicialmente você solta ridículos ataques corpo a corpo que seu personagem faz e a medida que você avança as sombras aparecem e fazem a graça do game.

Batalha:
A Batalha de Blue Dragon é bem ao sistema clássico onde cada um ataca de uma vez, a foto acima mostra bem isso, a imagem que lembra uma "fila"na parte superior é para você saber quem será o próximo a atacar e baseado nela você pode bolar boas estratégias como eu já fiz. Abaixo o status de seus integrantes, com HP e MP. O inimigo acima é algo como o "Segundo Chefão" do jogo em um Hospital abandonado, e digo que de longe foi o inimigo mais casca-grossa que enfrentei, por ser forte e ter uma ótima defesa. A tática que utilizei contra ele já mostra mais um fator a ser lembrado: Os elementos da Natureza, ele é de Gelo e Fogo ok, mas por exemplo inimigos feitos só de gelo tem fraqueza contra fogo, fogo com água e por ai vai, bem ai estilo Pokemon mesmo.

Pessoal vou parar por aqui e estas foram somente minhas primeiras impressões do Game, claro que depois posso mudar e haverão mais coisas a comentar, mas gostei tanto do jogo que não resisti em compartilhar minha opinião com vocês, espero que gostem e caso tenham jogado ou visto o game, deixem suas opiniões nos comentários ok?

See ya

Por Amauri
Twitter: @amauripump
Share/Save/Bookmark

Um comentário:

  1. Como Passa Do Primeiro Chefãaao ?

    Naum consigo passar dakele

    Ajuda aii


    plis

    ResponderExcluir

Compartilhe

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...